Google Analytics Alternative

CARNES VERMELHAS E PROCESSADAS E RISCO DE DIABETES.

sábado, 13 de agosto de 2011
Pesquisadores da Harvard School of Public Health mostraram uma associação significativa entre o consumo de carne vermelha, especialmente a carne processada, e um risco aumentado de diabetes tipo 2. O estudo com publicação na American Journal of Clinical Nutrition também mostrou que substituir a carne vermelha por outras fontes proteícas, como leite desnatado, nozes ou grãos inteiros, pode reduzir significativamente o risco.

O estudo incluiu 442.101 participantes, 28.228 dos quais desenvolveram diabetes tipo 2 durante o estudo. Conclusões: Uma porção de 100 gramas diárias de carne vermelha esteve associada a um aumento de 19% do risco de diabetes tipo 2, já 50 gramas de carne processada como salsicha, linguiça, bacon, o risco foi maior, 51%.

Substituir vale por uma saúde melhor
Os pesquisadores descobriram que, para um indivíduo que come uma porção diária de carne vermelha, substituindo uma porção por nozes estava associado com um risco menor, 21%, de diabetes tipo 2; substituindo por lácteos baixo teor de gordura, um risco 17% inferiro, e substituição por grãos ingrais, um risco 23% menos.

O  consumo de carne vermelha processada, como salsicha, bacon, frios, ricos em sódio e nitritos, devem ser restritos e a quantidade de carne vermelha deve ser reduzida, substituído por escolhas mais saudáveis, como nozes, grãos integrais, lácteos pobres em gordura, leguminosas, ou mesmo por peixes.

 
Fonte do estudo:
1.An Pan, Qi Sun, Adam M. Bernstein, Matthias B. Schulze, JoAnn E. Manson, Walter C. Willett, and Frank B. Hu. Red Meat Consumption and Risk of Type 2 Diabetes: 3 Cohorts of U.S. Adults and an Updated Meta-Analysis. American Journal of Clinical Nutrition, August, 2011.
Fonte da imagem: Folha, 11/08/2011. Consumo de carne vermelha aumenta risco de diabetes tipo 2.

1 comentários:

{ O Primitivo } at: 11 de setembro de 2011 19:32 disse...

Greice, a epidemiologia pode ser muito enganadora, e na maior parte das vezes apenas funciona para validar velhas crenças, usualmente erradas. Não existe qualquer evidência ou mecanismo plausível para afirmar que carnes promovem diabetes. Pelo contrário, existem inúmeras razões para não abandonar os alimentos ancestrais em desfavor dos modernos.

http://paleohacks.com/questions/57202/red-meat-processed-meat-linked-to-diabetes-risk-again

Postar um comentário